SINDISEAB adere à quarentena e o Encontro Estadual está suspenso - SindiSeab

Área Restrita - Efetue seu login

Encontre uma notícia

NOTÍCIAS


Coronavírus

SINDISEAB adere à quarentena e o Encontro Estadual está suspenso

A sede do sindicato permanecerá fechada, mas a diretoria e os funcionários vão trabalhar remotamente.Todas as atividades do mês de março também estão suspensas.
17/03/2020

A pandemia do coronavírus ligou o alerta vermelho das autoridades sanitárias. O tema ganhou destaque ontem (16) nas discussões na Assembleia Legislativa do Paraná (assista aqui). No fim da tarde, o governador Ratinho Jr baixou um decreto determinando uma série de medidas para prevenir e conter o avanço do coronavírus (COVID19) no Paraná.



As medidas de emergência de Saúde Pública  incluem a suspensão de eventos com reunião de público acima de 50 (cinquenta) pessoas e determina, também, a concessão de regime de trabalho remoto ou escalas diferenciadas de trabalho e adoções de horários alternativos nas repartições públicas.



Servidores públicos acima de 60 (sessenta) anos, com doenças crônicas, problemas respiratórios, gestantes, lactantes vão obrigatoriamente trabalhar remotamente; ou, na impossibilidade técnica e operacional, deverão ser afastados de suas atividades sem prejuízo da remuneração ou subsídio.



As aulas na rede pública e privada de ensino serão suspensas a partir de 20/03/2020, bem como a visitação em teatros, cinemas, bibliotecas, museus e outros eventos artísticos e culturais. Leia o decreto na íntegra: aqui.



Sendo assim, a Direção Executiva do SINDISEAB deliberou por suspender, por tempo indeterminado, todas as atividades marcadas para o mês de março:



* a reunião em Maringá, no dia 19;



* a reunião dos aposentados no dia 25;



* e o Encontro Estadual do SINDISEAB, no dia 27.



Unidos online - a partir de amanhã (18), a sede do SINDISEAB permanecerá fechada, mas o sindicato vai manter o trabalho remoto. Se você precisar falar com o sindicato, pode ligar para a sede normalmente, pois os telefones serão redirecionados para os nossos funcionários.



Os dirigentes estaduais estarão também a postos para atender as demandas do associados. Esperamos que todas e todos sigam rigorosamente as orientações das autoridades em Saúde, para que possamos sobreviver a esta crise sanitária.






Notícias relacionadas