Ratinho Júnior estrangula a antiga secretaria do Meio Ambiente - SindiSeab

Área Restrita - Efetue seu login

Encontre uma notícia

NOTÍCIAS


Na UTI

Ratinho Júnior estrangula a antiga secretaria do Meio Ambiente

O número de cargos políticos comissionados (42) é praticamente o dobro que o de servidores efetivos (23) trabalhando hoje na SEDEST.
16/12/2019

Irresponsabilidade e descaso com o Meio Ambiente são as marcas do Governo Ratinho Jr, que dá sequência e aprofunda a estratégia de sucateamento dos serviços públicos praticadas por seus antecessores e mestres: Beto Richa e Cida Borghetti.



"Não existem mais programas de longo prazo na área do Meio Ambiente no Estado do Paraná. A SEDEST está lotada de cargos políticos ocupados por pessoas que não entendem nada do assunto, sem nenhuma competência técnica", denuncia o presidente do SINDISEAB, Temístocles Vital. "É um absurdo uma secretaria de Estado ter o dobro de comissionados do que servidores de carreira", desabafa.



Conhecimento mofando - desde que assumiu, Ratinho Jr mandou fechar todas as bibliotecas dos órgãos ligados ao Meio Ambiente (sobraram alguns livros da antiga Mineropar). Os livros, estudos, mapas e laudos desenvolvidos por servidores públicos em décadas estão indisponíveis para consulta, até para os servidores.



"Não se sabe para onde foi, tampouco o estado de conservação deste acervo", conta Temístocles, "a última notícia que tivemos é que os volumes estavam encaixotados no prédio da Águas Paraná".



O SINDISEAB vem denunciando, desde 2013: a falta de concursos públicos nos órgãos vinculados à SEMA (agora SEDEST) está acarretando na inestimável perda de estudos, de pesquisas e de conhecimento técnico que estão indo embora com os servidores que se aposentam (ou falecem).



Em 2013, o número servidores de carreira e de comissionados trabalhando na antiga SEMA era o mesmo: 46 x 46. Hoje, os comissionados são 42, mas o número de concursados caiu pela metade: restaram somente 23 servidores ativos. Cerca de 40% destes já estão aptos à aposentadoria!



Ao invés de abrir concurso, os governos Ratinho/Cida/Richa substituíram os servidores por estagiários. São 21 trabalhando na SEDEST.



Estrangulamento semelhante ocorre no IAP (leia aqui)



Nota: a SEMA (Secretaria de Estado do Meio Ambiente) foi substituída pela SEDEST - Secretaria de Estado de Desenvolvimento Sustentável e Turismo, através da Lei/PR 19.848/19, sancionada em 03 de maio de 2019.






Notícias relacionadas