DIMS divulga links para perícia remota e vacinação contra a gripe é antecipada - SindiSeab

Área Restrita - Efetue seu login

Encontre uma notícia

NOTÍCIAS


Quarentena

DIMS divulga links para perícia remota e vacinação contra a gripe é antecipada

O FES continua acompanhando as orientações e levando as demandas dos servidores às autoridades estaduais de saúde.
20/03/2020

A Comissão de Saúde do FES está em alerta para interceder pelos servidores estaduais junto à Divisão de Medicina e Saúde Ocupacional - DIMS. Conforme noticiado, as perícias presenciais estão suspensas.



Assim, a Secretaria de Saúde e Previdência da APP-Sindicato, que integra a Comissão de Saúde do FES, divulgou a seguinte nota: “a partir de 20 de março, os requerimentos de perícia deverão ser feitos de forma remota, em função da pandemia por coronavírus (Covid-19). Perícias presenciais estão suspensas. É necessário ter o laudo ou atestado médico digitalizado. Mesmo durante o período de suspensão das aulas, é importante fazer o requerimento”.



Para acessar os links para perícia remota, clique aqui



Vacinação antecipada - em todo o país, a campanha de vacinação está sendo adiantada. Mesmo que a vacina não seja eficaz contra o Covid-19, é importante se vacinar para reduzir o número de pessoas contagiadas com gripe, assim, facilitando o diagnóstico. Outra vantagem é a diminuição do número de pessoas internadas, evitando a superlotação nos hospitais do sistema de saúde.



No Paraná, a vacinação dos idosos começa já na segunda-feira (23). Numa segunda fase, que começa em 16 de abril, o público-alvo será de professores, profissionais de segurança salvamento e portadores de doenças crônicas. Na terceira e última fase, a partir de 09 de maio, serão imunizadas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes; mulheres que tiveram parto recente (puérperas), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas, presos, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos, que neste ano também fazem parte do grupo prioritário.



Confira todos os detalhes: aqui.



 






Notícias relacionadas