AGE da SEAB aprova indicativo de greve e IAP sugere operação padrão - SindiSeab

Área Restrita - Efetue seu login

Encontre uma notícia

NOTÍCIAS


Curitiba

AGE da SEAB aprova indicativo de greve e IAP sugere operação padrão

Risco de destruição da previdência mobiliza servidores da agricultura e meio ambiente.
26/11/2019

Meio Ambiente ainda não decidiu - os servidores se reuniram ontem (25), pela manhã, no refeitório do IAP-Sede, em Curitiba, para discutir a destruição da previdência dos servidores públicos estaduais. 



O grupo ouviu atentamente a análise do membro do Conselho Fiscal do SINDISEAB e ex-membro do Conselho de Administração da ParanaPrevidência, Heitor Rubens Raymundo, a respeito dos três projetos enviados à Assembleia Legislativa do Paraná pelo Governo Ratinho Jr. 



Após o debate e análise de conjuntura, os servidores presentes decidiram criar um observatório social para estudar e denunciar possíveis irregularidades referentes à merenda escolar, COPEL, SANEPAR, precarização das condições de trabalho, contratos de residentes, dentre outros temas. 



Os servidores entenderam também que precisam ampliar o debate com os colegas e sugeriram a realização de uma operação padrão. A discussão para o indicativo de greve foi postergada para a próxima assembleia geral do meio ambiente, na sexta-feira desta semana, 29 de novembro, às 09h30, na cantina do IAP-Sede.



SEAB aprova indicativo de greve - já os servidores vinculados à Secretaria da Agricultura e Abastecimento, reunidos na tarde de ontem no auditório da SEAB, resolveram aderir ao indicativo de greve sugerido pelo FES e voltam a se reunir em assembleia também na sexta-feira, 29, às 16h00, no mesmo local. 



Audiência Pública - na noite de ontem, o FES promoveu um rico debate na sede da APP-Sindicato com a presença de diversos deputados estaduais e dirigentes sindicais. O advogado Ludimar Rafanhim e o economista Cid Cordeiro participaram da mesa. O FES transmitiu o evento ao vivo. Assista a gravação: clique aqui.



Em 03 de dezembro, Ato Público contra a destruição da previdência - o Governo Ratinho Jr tem pressa para passar o rolo compressor em nosso futuro. Os projetos de lei e a proposta de emenda constitucional tramitam em regime de urgência. Os deputados da oposição calculam que, considerando os trâmites internos da ALEP, os projetos sejam votados entre 03 e 04 de dezembro. Por isso, está convocando um grande ato público, em Curitiba, para o dia 03. Local e horário de concentração dos servidores ainda serão definidos.






Notícias relacionadas