Noticias


06/02/2018

Mobilização

Rossoni é vaiado e ALEP encerra sessão

Depois de longa espera, os servidores ocuparam ontem as galerias da Assembleia Legislativa para reivindicar reposição salarial.

A Assembleia Legislativa do Paraná iniciou, ontem (5), o período legislativo de 2018. Os servidores públicos ocuparam as duas galerias destinadas ao público para reivindicar a reposição salarial, uma vez que o governo anunciou um superávit de quase R$ 2 bilhões.

O descaso com a população ficou evidente já na entrada. Durante mais de uma hora, apenas uma recepcionista verificava os documentos para que as pessoas tivessem permissão para entrar na Casa do Povo, o que gerou uma longa fila sob sol quente. 

O governador Beto Richa não compareceu. A vice governadora Cida Alborgueti também não. A tarefa de enfrentar os servidores mobilizados foi delegada ao chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni. Conforme divulgado no site da ALEP, Rossoni disse que o governo continuará a "priorizar investimentos" nas áreas de ação social, educação, habitação, saneamento e saúde. "Na educação, por exemplo, o investimento é de mais de R$ 600 milhões. Recuperamos mais de mil escolas estaduais com o programa "Escola 1.000", o que será celebrado no próximo dia 28 de fevereiro. Ainda anunciaremos a melhoria de mais de 400 escolas com o programa "Reforma Rápida". Também estaremos implantando a primeira etapa do programa "Escola Conectada", no qual serão investidos R$ 283 milhões para compra de computadores e reformulação da infraestrutura de conexão à internet".

A distância entre o discurso e a prática é estratosférica. O que se vê no Paraná são escolas estaduais sendo fechadas, turmas superlotadas, cursos de línguas fechando turmas e professores sobrecarregados. Depois de quase oito anos de gestão, o governo que é investigado na Operação Quadro Negro, por desvio de verbas para a construção de escolas, agora anuncia "reformas rápidas"? Evidentemente, as palavras de Rossoni resultaram em estrondosa vaia. E então, a sessão plenária foi encerrada.

O descaso do governo Richa com a população abrange todas as áreas. No IAP, por exemplo, os locais de trabalho estão esvaziados pela aposentadoria dos servidores que não são substituídos por novos concursados. 

Confira como foi a mobilização:
* Álbum de fotos

O presidente do SINDISEAB fez várias transmissões ao vivo ao longo do dia:
* Início do Ato Público na ALEP - Conexão SINDISEAB Temático nº 148, 05.02.2018
* Ato Público na ALEP - Galeria I - Conexão SINDISEAB Temático nº 149, 05.02.2018
* Ato Público na ALEP - Galeria II - Conexão SINDISEAB Temático nº 150, 05.02.2018
* Ato Público na ALEP - Encerramento da Sessão - Conexão SINDISEAB Temático nº 151, 05.02.2018
* Ato Público na ALEP - Relato da Direção Estadual - Conexão SINDISEAB Temático nº 152, 05.02.2018
* Ato Público na ALEP - Compartilhamento da LIVE da APP-Sindicato - Conexão SINDISEAB Temático nº 153, 05.02.2018 -