Warning: file_get_contents(http://www.wifi104.com/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.0 500 Internal Server Error in /home/httpd/htdocs/sind10br/functions/paginacao.php on line 2

Noticias

FES


06/11/2014

SINDISEAB repudia violência contra professore

FES forma comissão para aprofundar estudos sobre aposentadoria especial

? ?A representação da vontade a população está unida
no princípio de que todo poder emana do povo e em seu nome é exercido?.



Dessa maneira, o Legislativo funciona como
uma caixa de ressonância da opinião pública.?



O preceito está descrito no próprio site Assembleia Legislativa do Paraná, na seção ?História?, no tópico ?Missão, Visão e Valores?. Valores que já há algum tempo a ALEP deixou de seguir.



Representando a vontade do povo?
Nos últimos anos a ALEP tem usado e abusado do artifício de transformar o plenário em Comissão Geral para evitar a discussão e esclarecimento sobre temas relevantes para a população. Não raro com a presença maciça de seguranças.



Um exemplo recente foi a alteração do plano de custeio da ParanaPrevidência, aprovada em dezembro de 2012, que avalizou o calote das dívidas do governo com o Fundo Previdenciário, gerido pela instituição.



Em fevereiro deste ano, a ALEP usou o mesmo estratagema para aprovar no mesmo dia a Fundação Estatal em Saúde (Funeas) - que privatizou serviços públicos estaduais de saúde - e o auxílio-moradia para juízes e magistrados do Tribunal de Justiça do Paraná.



Como se vê, a ALEP vem afrontando o direito da população de entender e opinar a respeito das leis que interferem na sua vida.



Afronta ao direito de expressão
Os servidores públicos estaduais estão indignados com a brutalidade dos seguranças da Casa do Povo contra os professores que se manifestaram contra o uso da Comissão Geral para aprovar, sem explicar o porquê, o adiamento das eleições para diretores das escolas públicas estaduais.



As galerias da Assembleia Legislativa foram construídas com o dinheiro público para que a população possa acompanhar as sessões plenárias.



O nosso sindicato se solidariza com os professores
?Faz tempo que a Assembleia Legislativa do Paraná limita e restringe o acesso da população e movimentos sociais às suas dependências, mas desta vez abusou com a truculência de seus ?seguranças? e agrediu a democracia. A ALEP precisa, urgente, passar por um ?choque de democracia?, franquiando suas portas e criando mecanismos de mais participação popular nas decisões, em cumprimento à Constituição Cidadã de 1988?, afirma Roberto Carlos Andrade e Silva, presidente do SINDISEAB.